Tel. 57.3102536047
dr. gonzalo e. díaz m.   
Ecografia em Cor - Telemedicina 

Pesquisa: poluição

 
     

 

síganos

Próstata
Biopsia de próstata
Câncer de próstata
Hipertrofia prostática
Próstata 
Prostatite
Prostatectomia
Antígeno prostático
Risco de câncer de próstata
Sangue no sêmen 
Impotência
C.M.P.-Próstata
Diagnóstico do Câncer
18 Razões pelas quais é imperioso evitar a biópsia de Próstata
Ecografia de Próstata

Importante

Esterilidade
Esterilidade feminina
Esterilidade masculina

Revisão Médica Premium
Doenças da mulher

Ecografia
Ecografias
Imagens
Ecografia em Cor

 
Infertilidad
Infertilidad
Cómo solucionar la infertilidad
Evite la laparoscopia
Endometriosis e infertilidad
Infertilidad masculina
Infertilidad y Varicocele
Infertilidad femenina
Infertilidad: Diagnóstico
Fertilización in Vitro
Inseminación artificial
Como saber si sufre o sufrirá infertilidad
ICSI
Chequeo Médico Preembarazo (Syscan)
C.M.E. Preparto

 

Otros temas
Chequeos Médicos Ejecutivos
Obesidad
Cáncer de seno
Biopsia de Seno
Ecografía Ginecológica en color
El Colon
C.M.P. Abdomen-Colon
Enfermedades de la mujer
C.M.P. Mujer
Imágenes ecográficas
Ecografía
Ecografía definición
Ecografías
en Portugués
telemedicina
boletín Salud
ley 100
ultrasonido
actualidades
en Español
English
servicios

Pesquisa: poluição

 

  Ecografia em Cor

A ecografia em cor é um processo desenvolvido para ressaltar a patologia com cor e melhorar assim o diagnóstico. A diferença entre uma ecografia em cor e uma em branco e preto é equivalente à que existe entre uma foto em cor de uma árvore com maçãs vermelhas, e uma foto em branco e preto da mesma árvore: dificilmente se distinguirão as maçãs na foto em branco e preto.

História: O processo foi criado totalmente em Colômbia pelo Dr. Gonzalo E. Díaz Murillo e posto em uso desde Fevereiro 15 de 1994. As investigações as iniciamos no final dos 80s A melhor prova dos resultados positivos desta tecnologia se obtém comparando os resultados das ecografias comummente praticadas com os nossos. Adicionalmente empregamos C.A.D (Computer Aided Diagnóstico) ou diagnóstico dirigido por computador, o qual analisa os dados ecográficos automaticamente e emite um conceito. 

A cor tem vantagens, como o vemos um o seguinte simples exemplo que não requer maior explicação:

O uso da cor na ecografia evoluiu notavelmente desde fevereiro 15 de 1994, data na qual praticamos o primeiro exame em cor: uma sonomamografía.

Aperfeiçoamos a técnica e modernizado constantemente as equipes e software, permitindo o desenvolvimento de padrões de cor automatizados para quase cada órgão e região do corpo humano, o qual não somente facilitou o processo senão que o acelerou. Ao começo, uma ecografia pélvica em cor nos tomava 90 minutos; agora nos toma mal 20 minutos e com melhor qualidade, resolução, sensitividad, espectro, etc. Deve anotar-se que o objetivo desta técnica, bem como o de nosso trabalho, é o melhorar o diagnóstico ecográfico e não somente aumentar a rapidez, pois como todos sabemos as ecografias de 5 minutos são totalmente inúteis.

Obtivemos os melhores resultados na detecção daquela patologia que origina alterações parenquimatosas, cumprindo com as expectativas com as que iniciamos as investigações.

Podemos agora diagnosticar patologia como a adenomiosis, cujo diagnóstico estava anteriormente reservado à inspeção da peça cirúrgica, pois seu diagnóstico preoperatorio era quase impossível, pese a sua freqüência. Desde que iniciamos a técnica de cor nas ecografias pélvicas encontramos um incremento significativo nos diagnósticos de adenomiosis e endometriosis, muitos dos quais puderam ser verificados cirurgicamente.

Igualmente encontramos um aumento importante na sensitividad do processo, bem como é sua especificidade. Casos como o da adenomiosis são só exemplos, pois confirmamos consideráveis melhoras no diagnóstico de outras entidades, como as alterações quísticas ováricas, a endometriosis, a mastopatía fibroquística, os abcessos mamários, doenças prostáticas, vesiculitis seminal, alterações placentarias, patologia hepática, testicular, tiroidea, muscular, etc.

Diferenças ecografia C.A.D. em cor e ecografia convencional 

  Ecografia CAD em Cor ecografia convencional
sensibilidade 99.8% 0 a 17%
C.A.D . (análise computarizado) sim -
reporte digital opcional -
gráficas de diagnóstico 3 gráficas -
em Cor sim -
cópia de respaldo com imagens sim -
Formulação e/ou recomendação de conduta médica incluída no reporte sim -
Praticada no Brasil ou laboratórios econômicos não sim

Consideramos que tudo isto é só o começo, pois as possibilidades de melhorar a ultrasonografía mediante a cor são ilimitadas.

Atualmente temos a  lista mais completa de estudos ecográficos e todos eles em cor e somos os únicos atualmente em oferecer reporte digital. Nossas ecografias oferecem uma sensibilidade do 99.8% e o comprovamos comparando nossos resultados com os de outras ecografias praticadas aos mesmos pacientes.